sábado, 5 de dezembro de 2015

"SEI UM NINHO"

"SEI UM NINHO"




Sei um ninho.
E o ninho tem um ovo.
E o ovo, redondinho,
Tem lá dentro um passarinho
Novo.

Mas escusam de me atentar:
Nem o tiro, nem o ensino.
Quero ser um bom menino
E guardar
Este segredo comigo.
E ter depois um amigo
Que faça o pino
A voar...
 
Miguel Torga

domingo, 29 de novembro de 2015

terça-feira, 24 de novembro de 2015

"RODA"




"RODA"


Roda a roda
Roda a roda
Roda, roda...
Sem parar
A vida de todos nós
Também tem o seu rodar...
Roda de alegria
Contentamento
Felicidade...
Mas se a roda "desandar"...
Alegria
Contentamento
Felicidade
Tudo se esvai
Desaparece
E a tristeza cai...
E tu, roda,
Será que continuas a rodar?
Não sei!!!!


             24/11/2015
   Maria da Cruz

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

POR SER O DIA DOS CASTELOS


                             

                                               

      Homenagem ao que foi o "ALCAIDE " DO CASTELO DE lEIRIA                                        


Ó castelo de Leiria
No teu monte altaneiro
Com o teu ar majestoso...
És castelo prazenteiro

Podes contemplar a cidade
Teus prédios e arredores
Todos os que te visitam
Apreciam teus valores
Por muitos anos tiveste
Um "Alcaide" sonhador
E que qualquer Leiriense
Sempre tratou com amor
Chamava-se ele Basílio
Por todos acarinhado
E nesta linda cidade
BASÍLIO será sempre...sempre...
Sempre... recordado!

                        Maria da Cruz      07/10/2015

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

OUTONO




                          
" OUTONO"
Folhas mortas
Ressequidas
Esmagadas...
Avermelhadas
Amareladas
Pisadas
Magoadas
Recalcadas
Estragadas...No chão!
Folhas...
Folhinhas da Primavera
Do Verão...Como estão!!!
Abandonadas
Sem vida
Sem coração...
Dando beleza ao OUTONO!
Folhas...

    

            Leiria, 22/09/2015

                                                       Maria da Cruz

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Do avô para a neta LUISA!





      
                 Dezoito Anos

 

Como o tempo passa rápido, parece que foi ontem que tive a felicidade de receber a noticia do nascimento da minha primeira neta a quem os pais deram o nome de LUISA.

A tua chegada deixou-me imensamente satisfeito e hoje sinto um orgulho enorme pela familia que somos.

Desejo que no futuro sejas muito feliz e que repitas o dia 22 de Junho durante muitos anos.

Estou-te grato pelo que tens sido e feito e que concerteza continuarás no mesmo rumo.

Um beijo muito grande deste avô que te adora.

 

Diamantino

 

                     18.06.2015

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

SAQUINHO DO AMOR...



Gosto de fazer estes trabalhos que me dão imenso prazer, ajudam a passar o tempo e com eles tenho presenteado algumas amigas.
Este foi terminado há dias ...e vou continuar, se Deus quiser.

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Os 18 anos da minha neta Luisinha


UMA MENINA NASCEU…

Dia 22 de Junho de 1997 foi um dia de grande alegria para toda a família.
Nasceu uma menina a quem foi dado o nome de Luísa, nome que herdou da bisavó e que eu adorei que tal acontecesse.
Eras uma bebé linda, como todas as crianças, quando nascem e encheste de alegria toda a família.
Nesse dia eu tinha estado em Lisboa, mas como a mãe dizia que ainda demorava a tua chegada… vim para Leiria. Passadas algumas horas chegou a notícia de que tinhas nascido tendo corrido bem e eu, como preocupada que sou, apanhei o expresso e vou a caminho de Lisboa para te conhecer, beijar, e dar os parabéns a teus pais.
Nova vida para teus pais, que te receberam com muito amor e carinho tal como hoje acontece.
Logo que nasce um filho, as responsabilidades aumentam e temos de nos adaptar a uma nova vida para que tudo corra pelo melhor, haja harmonia, compreensão, muito amor e carinho, para aguentar os cuidados de que uma criança precisa… noites mal dormidas, birras, choros, tudo, é certo, próprios dos bebés, mas se houver AMOR, tudo se ultrapassará.
Foi este AMOR e CARINHO que teus pais têm dado, tanto a ti, como aos teus irmãos, que constituíram a FAMÍLIA FELIZ que são.
Neste dia, em que celebras os teus 18 aninhos, passas de jovem a senhorinha, não queria passar sem te desejar um dia muito feliz e que pela vida fora te recordes sempre deste dia, como um GRANDE dia de alegria e felicidades.


Um grande beijo da tua avó que te ama e adora


    Maria da Cruz
                                          Leiria, 18/06/2015

 
                            

LAVADEIRA




Esta senhora lava a roupa em Aldeia Velha, concelho do Sabugal e distrito da GUARDA.
Como podemos ver, para não se magoar, joelha -se na "TACOILA" feita de madeira e que também se usava antigamente, para lavar os soalhos de casa.
Esta foto foi tirada da net, facebook, de uma amiga que deve ser natural de Aldeia Velha.

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

"SOU DA SERRA"


  "SOU DA SERRA"


Sou da Serra sou Beirã
Gosto mesmo de o ser
Gosto de tudo o que é belo...
E até do amanhecer
Minha cidade é a GUARDA
A mais alta de Portugal
Para mim é a mais bela
E nunca encontrei igual
Frio, neve, barrocos,
Boa comida também
Chamam-lhe "feia.."
Que importa...
Foi lá que eu nasci
E me senti sempre bem
Cidade dos cinco "EFES"
FORMOSA, FRIA,
FORTE, como o granito,
FIEL e FARTA (mesa sempre posta)
A cidade que me viu nascer
Crescer e...
Onde ainda gosto de passear
Nas ruelas por onde outrora
Tantas vezes me viam passar
GUARDA, a minha cidade NATAL!

    
                          LEIRIA, 31-08-2015

Maria da Cruz

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Duas gerações...


Esta senhora foi minha aluna na Escola de Estevães, concelho de Pombal e distrito de Leiria.
Hoje estivemos juntas no castelo de Leiria, onde ela trabalha.
Adorei este encontro, embora outros já tenham acontecido, mas é sempre agradável uma conversinha...

terça-feira, 21 de julho de 2015

"DIA"






DIA
O SOL A FUGIR
A TARDE A CHEGAR
O DIA A FINDAR
DESCANDO  DESEJAR
TRABALHO DEIXAR
SILÊNCIO ENCONTRAR
A PAZ PROCURAR
NO ACONCHEGO DO LAR
A LUZ DESLIGAR
O SONO VIRÁ
ENTÃO SONHARÁS
A NOITE PASSARÁ
OUTRO DIA CHEGARÁ
TRABALHO VOLTARÁ
E ASSIM SERÁ…
“O DIA”

 
           Leiria, 21/07/2015
                                                     Maria da Cruz


domingo, 5 de julho de 2015

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Encontrei uma Concha....




"Encontrei uma Concha..."

Encontrei uma concha...
E pus-me a olhar
Perguntei-lhe de onde vinha...
E ela, sorrindo, pôs-se a cantar
Como que a dizer-me:
- Sou Filha do Mar
Do Mar que tu amas
E tanto aprecias
Que por vezes dá tristezas
E outras alegrias
Mas não fiques triste
Leva-me contigo
Seremos amigas
Amiga MARIA...

Julho 2013

Maria da Cruz

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Missa do Corpo de Deus em Leiria

video


A Missa do Corpo de Deus foi no passado domingo, dia 7 de Junho.
Foi celebrada, pelo Bispo de Leiria Fátima, D. António Marto no parque do Avião.
Terminada a Missa, organizou - se a Procissão que percorreu algumas ruas da cidade, mas à qual eu não pude assistir.

terça-feira, 2 de junho de 2015

quinta-feira, 28 de maio de 2015

POSTAIS DE OUTROS TEMPOS


Alexandre O'Neil




O Amor é o Amor

O amor é o amor — e depois?!
Vamos ficar os dois
a imaginar, a imaginar?...

O meu peito contra o teu peito,
cortando o mar, cortando o ar.
Num leito
há todo o espaço para amar!

Na nossa carne estamos
sem destino, sem medo, sem pudor
e trocamos — somos um? somos dois?
espírito e calor!

O amor é o amor — e depois?

Alexandre O'Neill, in 'Abandono Vigiado'

sexta-feira, 15 de maio de 2015




Recordar o Projecto Teclar, onde apendi as novas tecnologias.
Na foto, eu com a Professora Joana Viana e a amiga Margarida.


"VOLTEI À ESCOLA!"

Gostei de voltar à "ESCOLA"
Meu sonho "REALIZAR"...
Com"TRABALHO" da Joana
"APRENDER " a Teclar!


Não estava nos meus "PROJECTOS"
Nem tinha tais "AMBIÇÕES"
Mas com "TEMPO" e "FAMÍLIA"
Tomei minhas "DECISÕES".


A "FORMAÇÃO" frequentei
"ACTIVIDADES" realizei
"OBJECTIVOS", "GANHOS",
"EXPERIÊNCIAS" alcancei,
E muitas alegrias ganhei!



Com todo este Projecto
A minha"VIDA" mudou,
E quem ele frequentou
Grandes Amigos ganhou!
 

                                Maria da Cruz - 2009

quinta-feira, 7 de maio de 2015

segunda-feira, 4 de maio de 2015

sábado, 25 de abril de 2015

"Menino do Cravo Vermelho"

MINHA TERRA MEU PAÍS

Minha TERRA MEU PAÍS
Meu PORTUGAL de outrora
Onde nasci, cresci e vivi...
Onde fui sempre feliz
E tão diferente agora!
Não sei que te fazem
Não sei que dizer
Não sei que pensar
Não sei que virá.......
Tudo diferente!
Tudo nos magoa
Todos reclamamos,
Todos sofremos,
Nos inquietamos
E...
Todos esperamos
Por dias melhores...
Sem fome, sem miséria...
Dias de PAZ, ALEGRIA´
AMOR, UNIÃO...
Desejando para todos...
Um PORTUGAL MELHOR!

     
        25/04/2015

       Maria da Cruz
                    

quarta-feira, 22 de abril de 2015

CORAÇÃO...



Coração é Terra que Ninguém Vê

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Sachei, mondei - nada colhi.
Nasceram espinhos
e nos espinhos me feri.

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Cavei, plantei.
Na terra ingrata
nada criei.

Semeador da Parábola...
Lancei a boa semente
a gestos largos...
Aves do céu levaram.
Espinhos do chão cobriram.
O resto se perdeu
na terra dura
da ingratidão

Coração é terra que ninguém vê
- diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não.
Terra de lagedo, de pedregulho,
- teu coração. Bati na porta de um coração.
Bati. Bati. Nada escutei.
Casa vazia. Porta fechada,
foi que encontrei...
Cora Coralina

POR DETRÁS DAS ÁRVORES...


POR DETRÁS DAS ÁRVORES...

   Por detrás das árvores não se escondem faunos, não.
Por detrás das árvores escondem-se os soldados
com granadas de mão.

As árvores são belas com os troncos dourados.
São boas e largas para esconder soldados.

Não é o vento que rumoreja nas folhas,
não é o vento, não.
São os corpos dos soldados rastejando no chão.

O brilho súbito não é do limbo das folhas verdes reluzentes.
É das lâminas das facas que os soldados apertam entre os dentes.

As rubras flores vermelhas não são papoilas, não.
É o sangue dos soldados que está vertido no chão.

Não são vespas, nem besoiros, nem pássaros a assobiar.
São os silvos das balas cortando a espessura do ar.

Depois os lavradores
rasgarão a terra com a lâmina aguda dos arados,
e a terra dará vinho e pão e flores
adubada com os corpos dos soldados.

António Gedeão, in 'Linhas de Força'
// Consultar versos e eventuais rimas 

terça-feira, 21 de abril de 2015

Apanhando cerejas...


Atentas a ouvir poesia no ESPAÇO EÇA em Leiria


DIA DA POESIA



No Dia da Poesia, houve vários programas em Leiria... na Caixa Agrícola, no Espaço Eça, no Centro Cívico  e outros...
Esta foto representa bem a Poesia e o Movimento... na Caixa Agrícola de Leiria.
Um verdadeiro espectáculo!

quarta-feira, 15 de abril de 2015

sexta-feira, 27 de março de 2015

sábado, 21 de março de 2015

quarta-feira, 18 de março de 2015

Amanhã é dia de S. José e Dia do Pai!



Pai, a Minha Sombra és Tu

a cadeira está vazia, um corpo ausente
não aquece a madeira que lhe dá forma

e não ouço o recado que me quiseste dar
nem a tua voz forte que grita meninos
na hora de acordar
ouço o teu abraço, no corredor em gaia
e os olhos molhados pela inusitada despedida

o sol foge
mas o crepúsculo desenha a sombra que
tenho colada aos pés
ou o espelho, coberto com a tua face

pai, digo-te
a minha sombra és tu

Jorge Reis-Sá, in "A Palavra no Cimo das Águas"


sábado, 7 de março de 2015

 




  
MULHER…

Mulher filha
Mulher jovem
Mulher namorada
Mulher noiva
Mulher esposa
Mulher mãe
Mulher amada
Mulher esquecida
Mulher sofrida
Mulher desiludida
Mulher humilhada
Mulher desamparada
Mulher triste
Mulher castigada
Mulher torturada
Mulher rebaixada
Mulher maltratada
Mulher sem carinho
Mulher sem amor
Mulher…apesar de tudo
Serás sempre
MULHER!

 

               Leiria, 08/03/2015


                                            Maria da Cruz Gago

terça-feira, 3 de março de 2015

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Lenços dos Namorados




 

Um verdadeiro Património Cultural Português preservado até hoje, resumidamente, os Lenços dos Namorados eram pedaços de pano bordados por moças apaixonadas e em idade de se casar que presenteavam os seus amados com lenços que traziam frases e versos de amor.
 

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

"FERMOSO RIO LIS"




  
FERMOSO RIO LIS

Fermoso rio Lis, que entre arvoredos
Ides detendo as águas vagarosas,
Até que üas sobre outras, de invejosas,...
Ficam cobrindo o vão destes penedos;

Verdes lapas, que ao pé de altos rochedos
Sois morada das Ninfas mais fermosas,
Fontes, árvores, ervas, lírios, rosas,
Em quem esconde Amor tantos segredos;

Se vós, livres de humano sentimento,
Em quem não cabe escolha nem vontade,
Também às leis de Amor guardais respeito.

Como se há-de livrar meu pensamento
De render alma, vida e liberdade,
Se conhece a razão de estar sujeito?

(Francisco Rodrigues Lobo)

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Chegou FEVEREIRO...



       FEVEREIRO chegou... e com ele os meus dias preferidos...

sábado, 24 de janeiro de 2015

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015






“POR  ACASO”


Sim, por acaso te encontrei
Naquele dia na festa
E nesse mesmo instante
Nossos olhares se cruzaram…
Pensativos, receosos,
Envergonhados,
 Um pouco retraídos
Mas… admirando –nos
Um ao outro
Os nossos olhares continuavam…
Sim, continuavam fitados um no outro
Tantos olhares, tantos pensamentos,
Reflexões…
E…
Nossa conversa começa…
Troca de ideias
Naturalidade, profissão,
Família, gostos, e muito muito mais…
Ah! tu terminaste o diálogo
Com esta pergunta :
- Será que nos voltamos a encontrar?
E tivemos vários encontros…
Mas o da felicidade foi…
No Mosteiro da Batalha dia 25 /02/1968
Vai longe… muito longe… esse dia…
Mas a FELICIDADE acompanha-me!


Leiria, 02/09/2014

                                     Maria da Cruz